O povo adora uma profetada...



e diz que não...

 

O culto segue, oração, cânticos, testemunhos, palavra e benção apostólica.

 

Ao término as pessoas deviam se dar por satisfeitas por terem cantado, ouvido uma palavra, participado das orações, mais o que acontece?


Fazem uma filinha para receber mais uma oração, uma revelaçãozinha extra, quem sabe Deus ainda não falou o que precisava.


 Ai começa dar bóde...


As vezes entramos nessa de profeta meio que empurrado...

 

Comigo acontecia muito, sempre após orar pela pessoa ouvia a seguinte pergunta:


- O que Deus falou irmão? viu alguma coisa?


 

Quando falava algo, a pessoa delirava, falava em línguas, pulava, etc...


 

Quando falava que nada tinha visto ou ouvido, a pessoa baixava a cabeça e ficava triste.


 

O pastor, evangelista, obreiro, bispo, apóstolo, profeta que não tem bíblia na veia tem que recorrer ao misticismo a todo instante para ganhar o respeito de ser visto como homem de Deus, homem espiritual.


 

Quem conhece a Palavra, aconselha dentro Dela e não inventa modas para alegrar quem o procura, porém isto não é nada popular e também não dá lucro.


O que move a massa e traz muita grana são as bênçãos já! Por atacado, promessas de curas, prosperidade, unção e muito poder, fechando com previsões sobre o futuro.

A galera corre atrás disto, este é o evangelho respeitado, o evangelho aonde o pensar e o conhecimento é desprezado.


 

Quando descobre-se que o tsunami não é marolinha vem a decepção, o desespero e a tristeza de ter perdido tanto tempo e dinheiro correndo atrás destes mercenários da fé.


 

Desde sempre existe pessoas que tiram proveito da vontade que outras tem de ganharem rápido e de forma fácil o que não merecem.

São os famosos estelionatários, a cada dia inventam novas formas de ludibriar os que se acham muitos espertos.


 

Quem não lembra do bilhete premiado? Aposentadoria rápida ? Notebook apreendido? e tantos outros....

Todo dia sai nos telejornais, mas não faltam vitimas....


 

Assim são os que buscam atalhos nas igrejas, comunidades, entre profetas ou pessoas que julgam ter mais intimidade com Deus.


 

Não passam de vitimas de sua própria ambição e do desprezo que tem pela Palavra de Deus.


Na fé


Marcelo e Eunice


 


 


 


 


 


 

 
  

Um comentário:

José Raimundo da Rocha Barros disse...

Gostaria que isso tudo que você relatou não fosse verdade, mas infelizmente é exatamente assim.Na verdade as pessoas , que afirmam seguir a bíblia, não confia nela como guia dada por Deus e buscam novas revelações, aliás , é justamente por não conhecerem a Bíblia que fazem isto.na bíblia podemos encontrar orientações para qualquer coisa que se queira.Seus principios são universais.
Abração.